sábado, 9 de junho de 2012

Filme da semana: Meia-Noite em Paris

   Que eu sou uma apaixonada por Paris já está mais do que evidente aqui no blog. Mas hoje eu assisti "Meia Noite em Paris" do Woody Allen; que declaração de amor mais linda por essa cidade! Fiquei com uma sensação que há muito tempo Allen queria filmar em Paris, porque foi um casamento perfeito. A abertura do filme é simples, com algumas imagens da cidade; para quem não conhece fica o fascínio. Para quem já foi, fica a nostalgia, tema do filme.


    Eu amei esse poster, acho que descreve muito o que acontece à meia-noite naquela cidade, tudo se transforma. A história pode ser entendida como uma comédia romântica improvável, ou uma busca pela inspiração, que no caso de Gil (Owen Wilson), é uma Paris chuvosa na década de 20. Owen está muito bem no filme, no papel do escritor cansado de Hollywood querendo escrever um romance, bem diferente daquele molecão nos blockbusters ou esquisito nos filmes do Wes Anderson.
    O realismo fantástico é usado aqui através de um carro atemporal que leva Gil para viver em seu sonho parisiense, entre cafés e garotas coquetes, que o faz se afastar de sua realidade, um passeio na Cidade Luz com sua noiva e família dela. Os diálogos entre "os americanos" são ótimos; Allen mostra seu desprezo pelos pseudointelectuais na figura de Paul, um pedante professor que discorda da bela guia Carla Bruni no museu Rodin.
   Em seus passeios noturnos, Gil conhece cada vez mais habitantes ilustres da cidade (Cole Porter, Fitzgerald, Hemingway, Picasso, Dali...), fazendo-o se aproximar de sua obra, um romance sobre um vendedor numa loja de nostalgia. Paris é pura nostalgia, é muita história acumulada e condensada numa cidade só. E segue assim, como no diálogo com Dali e Buñel sobre ele vir do futuro, completamente surreal e verdadeiro, como é o filme inteiro.
   Então, surge Adriana, a musa de 1920 que queria viver em 1890. Parece sempre que o passado era melhor. Tem alguns amigos que são exatamente assim, acreditam que os anos 70 eram melhores, mas isso é tema para uma outra discussão. Mas o filme fala sobre viver na nostalgia e com nostalgia, e de como mergulhando no passado se tem a possibilidade de se encontrar e ser verdadeiro com aquilo que pensa e sente, independente da época. 
   Não vou falar mais porque eu não quero estragar as surpresas que vão aparecendo, sendo que o exercício da imaginação é constante, mais do que os sorrisos fortuitos que o filme provoca. É a possibilidade de sonhar de olhos abertos nessa cidade linda que inspira tantos e tantos artistas. Segue trailer e créditos do filme:



   Créditos:
  • Meia-Noite em Paris - Midnight in Paris (2011)
  • Direção - Woody Allen
  • Atores - Owen Wilson, Rachel McAdams, Marion Cotillard, Adrien Brody, Kathy Bates, Carla Bruni, Michael Sheen.
  • Gênero - Realismo Fantástico bem romântico
  • Duração - 96 minutos

Um comentário:

  1. Já vi esse filme! Confesso que esperava mais hehehe
    Mas lembro que gostei no final!

    Bisous!

    Chez Carolinette | Facebook | Twitter

    ResponderExcluir

Sejam bem vindos!
Adoro receber comentários, sugestões, dicas...